20 julho 2008

O que você faria se seu namorado ficasse permanentemente deformado?

Esta foi a pergunta que Michelle Clifford precisou responder quando seu namorado, o militar Martyn Compton teve 70% do seu corpo totalmente queimado. Martyn Compton foi vítima de uma emboscada, enquanto prestava serviço no Afeganistão, tendo 70% do seu corpo queimado e ficando durante três meses em coma. Quando recuperou a consciência, Compton percebeu que não tinha mais suas pálpebras, orelhas, nariz e cabelo, além de ter recebido a notícia de que não poderia mais andar. Seus catastróficos ferimentos representaram o trágico custo das tropas britânicas no Oriente Médio.

Michelle e Martyn começaram a namorar em 2006 e duas semanas depois ele partiu para um período de quatro meses no Afeganistão. "Nunca chorei tanto", admitiu Michelle. Segundo o jornal Daily Mail, cinco semanas depois, Martyn dirigia um comboio em uma aldeia, aparentemente abandonada, quando rebeldes talibãs começaram a disparar de todos os lados. Logo depois uma bomba atingiu seu veículo, detonando granadas que estavam dentro do caminhão, provocando a morte de três colegas de Martyn e causando
graves ferimentos nele. "Eu não vi mais nada. Só pensava que ia morrer, e que não iria cumprir a promessa que havia feito para a Michelle", disse ele.

Após o ataque, colegas de outro grupamento arriscaram suas vidas, puxando-o para dentro de um outro tanque. Martyn foi então levado para uma base britânica, onde foi reavidado por três vezes. Durante o período em que ficou em coma, Michelle permaneceu todos os dias ao lado do namorado, contrariando todas as pessoas que afirmavam que eles não continuariam juntos. Cantou suas canções favoritas, sussurrou próximo ao que restou das suas orelhas e angustiosamente assistiu às 15 cirurgias a que o rapaz foi submetido. Para completar a história de sofrimento do soldado, além das queimaduras, ele enfrentou
uma infecção que comia sua carne, em virtude das bactérias que adquiriu rolando na areia.
"Eu pendurei todas as nossas fotos na parede. Fotos do local onde planejávamos fazer nosso casamento, fotos de nós dois juntos, dos seus pais e até dos cães. Quando ele abrisse os olhos, a primeira coisa que eu queria que ele visse seria seus entes queridos", afirmou Michelle.

Quatro meses após o acidente, Martyn recobrou a consciência e viu pela primeira vez sua nova imagem em um espelho: "Eu não imaginava que estava tão horrível, chorei na mesma hora. Ainda me sentia como antes, mas o espelho revelava uma outra pessoa.", disse Martyn. Durante o ano seguinte, Martyn dedicou-se à sua recuperação: seus braços que permaneciam dobrados em 90º voltaram à posição normal. Em janeiro deste ano, ele desafiou as previsões médicas e caminhou alguns metros, sozinho. E após mais de 60 horas de cirurgia, seu lábio superior, bochecha esquerda e nariz foram reconstruídos. Suas orelhas foram refeitas através da cartilagem das costelas, e devido ter perdido a pele do couro cabeludo, ele é obrigado a usar protetor solar fator 50, mesmo em dias nublados. Finalmente, na semana passada, mesmo com todas as dificuldades e contrariando qualquer preconceito, Michelle e Martyn casaram-se. A boa notícia ficou por conta dos médicos, que afirmaram que, apesar das seqüelas, o casal não terá problemas para ter filhos.

"Se você olhar além das cicatrizes, como eu, vai perceber que o Martyn ainda está lá. Temos descoberto que valemos muito mais um para ooutro. Nós provamos que vivemos um verdadeiro amor.", concluiu Michelle.


E você, o que você faria se seu amor ficasse deformado(a)?

4 comentários:

  1. É uma história impressionante! Somente numa grande tragédia o amor como este mostra sua face e sua força.

    Eu não sei o que faria, mas se amasse verdadeiramente, aceitaria o desafio. Me lembro de um verso bíblico que diz que a paixão é forte como a sepultura, e o amor... Nem as muitas águas podem afogá-lo.


    Deus abençoe vcs grandemente, que sejam um grande exemplo para esta geração.

    abraços ana paula

    ResponderExcluir
  2. O amaria da mesma forma, ele é o amor da minha vida, a pessoa que pedi a Deus, vou ama-lo para sempre e soube disso no momento em que o vi pela primeira vez!!

    ResponderExcluir
  3. Também vivi uma historia paracida com esta.meu namorado tinha cancer,noivamos e marcamos a data do casamento mas infelismente ele faleceu 4 meses antas do casamento...Parabéns por esta linda história que jesus abençoe muito vocês e que tenham muitos filhos pois eles são bençãos de Deus!!!!!!!!!FELICIDADES

    ResponderExcluir
  4. com toda minha sinceridade o desejo com cristão e continuar com a pessoa e da toda a força possivel para ela
    parabéns Michelle.Jesus te abençõe....DLN
    www.debatecristao.3a2.com

    ResponderExcluir