22 janeiro 2008

Artigo - Estou preocupado e ocupado demais para orar

Hoje acordei cedo, fui para o trabalho, passei o dia lá, ao voltar, fiz um breve lanche, e já fui para a faculdade. Ao chegar, mal jantei, devido a hora que já passa da meia noite, li alguns e-mails e fui para a cama.
Meu dia-a-dia não muda muito, pois estas atividades roubam grande parte do meu tempo, às vezes consigo falar com minha namorada no meio da semana, ou ler algum livro a noite, quando não há e-mails para serem respondidos.
No final de semana, é sagrado, tenho que passar um tempo com minha namorada, e ir para a igreja. Pronto, lá se foi meu final de semana. Amanhã, voltaremos à rotina que já tem um certo tempo.
Quem nunca passou uma história parecida com a citada? Trocar Deus por tarefas que parecem inadiáveis acabou tornando-se normal para muitos.
Se pararmos para analisar, veremos que o mundo está exigindo cada vez respostas mais rápidas, e nosso tempo vem diminuindo consideravelmente a medida que estas respostas exigem mais de nós.

Deus não dá sua glória a outros deuses, não nos permite que o troquemos por nada deste, nem de outro mundo. Quantas vezes nós (porque me incluo nisso) temos trocado seu amor por algo supérfluo.
Quando se Fala em trocar Deus, não se fala só em adorar a Baal, mas a colocar outras coisas na frente de Deus. Quantas noites ficamos batendo papo com amigos até 3h da manhã em frente a casa, ou num barzinho tomando uma cerveja, ou até refrigerante até horas afora, mas quando começamos a orar, o sono já vem em 5 minutos.

Trocamos Deus por amigos, namorada(o), emprego, estudo, baladas e até pela igreja.

Você deve estar se perguntando, IGREJA?? Sim Igreja!!!
Há alguns de nós que pensam tanto na obra do Senhor, que acabam esquecendo do Senhor da obra.
Pensam tanto em ministérios de aparência, como Louvor e Pregação, buscam técnicas avançadas e se tornam peritos em sua área, mas esquecem de jejuar, orar, interceder e esquecem simplesmente de olhar aos céus e dizer "Obrigado Senhor, por cada falha que possuo, e cada qualidade que me presenteou".
Não devemos levar a obra de Deus relaxadamente, pois a bíblia condena isso, mas não podemos esquecer da comunhão do Senhor e acabar fazendo o que não é digno a Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário