29 novembro 2011

O uso impróprio da Palavra de Deus


Introdução

 O inimigo não tinha permissão para destruir o homem, mas tentou fazê-lo destruir a si mesmo. Como não havia ser humano em pecado para ser usado, Satanás usou a serpente. Seu assunto inicial foi a própria Palavra de Deus: “Foi assim que Deus disse?”


1- O Diabo usa a Palavra de Deus, alterando seu conteúdo ou seu objetivo (Mt. 4.5-6). Assim, surgem as heresias e falsas religiões (1Tm. 4.1-5). Muitos usam a Bíblia com propósitos malignos, inclusive em defesa do pecado.

2- Não converse com o Diabo. Não dialogue com pessoas endemoninhadas. Apenas expulse o demônio. Não peça informações aos espíritos malignos. Não busque água em fontes sujas. Cuidado com o conselho dos ímpios (Sl. 1; 1Co. 15.33).

3- Precisamos conhecer muito bem a Palavra de Deus para resistirmos à heresia e à tentação. Precisamos saber exatamente “o que Deus disse”.

Conclusão: Adão e Eva pecaram por seguirem uma palavra distorcida. A verdadeira Palavra de Deus é aquela que nos conduz à santificação, aquela que nos alerta e ensina contra o pecado.

Anísio Renato de Andrade
Bacharel em Teologia. Professor do SEBEMGE – Seminário Batista do Estado de Minas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário