18 fevereiro 2009

Ele É O Nosso Pai -- Isso É Suficiente

"Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos
céus..." (Mateus 6:9)


Um missionário estava ensinando uma mulher a orar. Mal ele começou a lhe falar sobre a oração do Senhor e recitou a primeira frase: "Pai nosso que estás nos Céus" ela o interrompeu. "Se Deus é o nosso Pai", disse ela, "isso já é mais do que suficiente. Nada mais há para se temer". Todas as questões sobre Deus cessam quando Ele se torna o nosso Pai.

Não há nada mais gratificante para um filho do que caminhar segurando na mão de seu pai. Ali, de mãos dadas, ele pode sentir toda a ternura de seu carinho e todo o amor com que seu pai o conduz. Ele não teme cair, não fica preocupado ao atravessar uma rua, não teme a escuridão e segue feliz na certeza de que está protegido.

Da mesma forma nós vivemos na presença de nosso Pai que está nos Céus. Se a vida é dura, Ele nos ajudará a vencer os obstáculos. Se nos falta um emprego e se o dinheiro está escasso, Ele suprirá todas as nossas necessidades. Se a enfermidade nos atinge, Ele está ao lado de nossa cama, guardando-nos, velando pelo nosso sono, até que a nossa saúde seja completamente restaurada.

Se um amigo nos trata mal, Ele nos abraça e consola, diz que não devemos ficar tristes e que o melhor é perdoar e buscar reconciliação. Se uma frustração nos enche de desânimo, Ele logo nos manda seguir em frente, tentar de novo, insistir e perseverar até que a vitória nos sorria.

Ele é o nosso Pai e isso é realmente suficiente. Não poderíamos ter um Pai mais amoroso. Ele é amigo, companheiro, presente em todos os momentos de nossa vida. Nenhum outro pai nos daria presentes como Ele nos dá: vida abundante, paz, alegria e uma mansão para morarmos por toda
a eternidade.

Ele é o nosso Pai... Aleluia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário