07 janeiro 2008

Devocional - I João 4:6-21

1 João 4-6:21

11. Mas aquele que odeia a seu irmão está em trevas, e anda em trevas, e não sabe para onde deva ir. Porque 6. Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus ouve-nos; aquele que não é de Deus não nos ouve. Nisto conhecemos nós o espírito da verdade e o espírito do erro.

7. Amados, amemos-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.

8. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.

9. Nisto se manifesta o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos.

10. Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados.

11. Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros.

12. Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor.

13. Nisto conhecemos que estamos nele, e ele em nós, pois que nos deu do seu Espírito.

14. E vimos, e testificamos que o Pai enviou seu Filho para Salvador do mundo.

15. Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus.

16. E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.

17. Nisto é perfeito o amor para conosco, para que no dia do juízo tenhamos confiança; porque, qual ele é, somos nós também neste mundo.

17. Nisto é perfeito o amor para conosco, para que no dia do juízo tenhamos confiança; porque, qual ele é, somos nós também neste mundo.

18. No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor.

19. Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro.

20. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?

21. E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus ame também a seu irmão.

---------------------------------------------------------------------------------------------

Deus é amor!

Todo aquele que amar ao seu irmão; ama a Deus!

É simples falarmos de amor; perdão; verdade. Difícil é praticá-las, aqueles que seguem a Deus, vivem um Deus de verdade, vive um Deus de amor.

O amor é verdade; "amar ao teu próximo"; não falamos do amor carnal, mas do amor divino, que não é capaz de distinção; assim como Jesus nos ensinou (1 João 4-20. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?)

Quantos de nós ao recebermos um "tapa", quando passamos pelo "agressor" caído, lhe oferecemos a mão, para que ele possa continuar?

Quem, dentre nós, ao sermos ofendido com palavras carregadas de ódio, acalenta a situação com amor?

Quantos de nós, nos momentos de sofrimento, de tristeza, não reconhecimento diante de seus amigos, no seu trabalho, e quando começamos a acumular ódio, raiva, falta de paciência, em momentos de tolice acabamos esquecendo que o que fazemos, não é para o homem e sim para DEUS, um DEUS de AMOR.

Pare! Pense!

Nenhum comentário:

Postar um comentário