15 dezembro 2007

Debate - Estou com ódio, e agora?

"estou com raiva, quero te tudo se exploda, que se vire o mundo, chega de mim e de todos! Faço de tudo e não sou reconhecido! Sou legal e só levo "coice", sou gentil e só me tratam com indiferença! batalho pelos outros... e por mim......."nekas!", cansei, chega de Deus, Jesus, e todo esse papo furado de igreja, Se Deus existisse, eu não estaria nessa situação!"

É comum ouvirmos pessoas falarem como no exemplo acima, e muitas vezes não sabemos o que fazer nessa situação, ou nos encontramos nessa situação e não vemos a saída.
Este pequeno artigo, visa melhorar a sua visão em relação a esse aspecto.

Deus é culpado?

99% dos problemas que passamos, são frutos colhidos de uma atitude errada; ou seja, nesse caso Deus não é culpado por isso, pois todos sabemos do livre arbítrio, e sabemos que atitudes erradas geram resultados negativos e árduos.

O que devo fazer?

Infelizmente não há uma receita quanto ao que deve ser feito, mas podemos usar como base aquele dito: "O que não quer pra você, não faça ao outro".
Se alguém te fizesse mal, ou te escondesse algo, iria querer franquesa e transparência, então faça o mesmo!


Pisei na bola com alguém e agora que falo a verdade, ele(a) não acredita!

Você pisou na bola com alguém e agora está "pagando o pato" de ter sido excluído? Ou a confiança que você precisa não está sendo depositava, devido ao que fez no passado?

O que devo fazer?

Este caso, é um dos mais complicados, pois dependendo da pessoa, poderá ficar dias, meses e até anos sem falar com você, ou sem te tratar da maneira que gostaria.
Primeiro se coloque no lugar dessa pessoa, o que você faria no lugar dela? perdoaria ou não?
caso a resposta seja "Sim", porque você liberaria o perdão? use este porque a seu favor, seja sincero, e acima de tudo, não apenas fale, mas mostre que você está arrependido, mostre que quer voltar atrás e acertar o ocorrido, creio que não demorará muito para ela te perdoar, e quanto a confiaça, virá com o tempo, não apresse as coisas!


A culpa não é minha, não quero nem saber! não perdoo mesmo!

De todos os males, este é o pior! você é não o culpado, mas não quer aceitar o perdão!

O que devo fazer?

Meu amigo ou amiga, por que você não quer liberar o perdão? o que aconteceu de tão grave pra não perdoar? Ele(a) matou? robou? Estuprou? Traiu?

Caso algumas ou todas as respostas acima seja verdadeiras continue lendo, pois nossa conversa deve ser vista mais a fundo! Caso nenhuma delas seja verdadeira, minha recomendação é páre de pensar como uma adolescente de 16 anos, e perdoe, pois todos estamos sujeitos a cometer erros, mesmo sem perceber podemos magoar alguém.
Converse com essa pessoa e tente esclarecer a situação, mesmo que ela não esteja disposta a pedir perdão, perdoe. não precisa ficar "arrastando farinha" pra essa pessoa, pois vocÊ não é obrigado a estar com alguém que não te quer. Ore, pois....

Efésios 6:12: "pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes"

Eu respondi "sim" a pergunta anterior

A situação que você se encontra, é extremamente complexa, e extremamente delicada, não vejo maneiras de aconselhar sem antes saber o que se passa na tua cabeça. Entre em contato comigo, não precisa se identificar, basta querer, iremos orar, conversar, e com a graça de Deus nós iremos achar uma base para se levantar desta situação. Em antemão só me resta deixar alguns versículos para meditação:

João 16:32: "Eis que vem a hora, e já é chegada, em que vós sereis dispersos cada um para o seu lado, e me deixareis só; mas não estou só, porque o Pai está comigo.
João 16:33: "Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.
Mateus 4:4: "Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário